Edições Online e PDF

Todas as edições completas no formato digital e PDF.
Acesse Aqui
DESTAQUES

A marca registrada de uma gestão sem compromisso com o meio ambiente

O governo do Paraná confundiu uma ave natural da América do Norte com a gralha-azul, um dos mais importantes símbolos do Paraná, em uma campanha para divulgar “atenção que dedica ao meio ambiente”. A gafe, histórica, revela o nível de ausência de cuidado e atenção para a área da conservação da natureza no Estado

MAIS VISTAS

Matérias Principais

As cores e os encantos do Guartelá

Os Campos Gerais paranaenses abrigam uma das paisagens mais lindas do mundo. É impossível não ficar impressionado e até paralisado ao avistar o Cânion Guartelá, escavado no Rio Iapó.

Quem foi Randau Marques, o pioneiro do jornalismo ambiental no Brasil?

As investigações jornalísticas que promoveu, tornaram Randau um precursor da defesa do meio ambiente no Brasil. Ele fundou a SOS Mata Atlântica, estimulou o tombamento da Serra do Mar e mudou o cenário da cidade que um dia foi considerada a mais poluída do mundo e deixou saudades

Biodicionário

Pílulas de conhecimento
sobre conceitos que precisamos
compreender

Fotos: Fronteira Livre e ADERE/OJC.

Em dois procedimentos, MPF e MP exigem que Engie suspenda devastação ambiental

A atuação do MP-PR e MPF se baseou em flagras de desmatamento registrados pela Polícia Ambiental Força Verde no dia 1° de setembro deste ano. Foi constada a destruição de floresta em estágio médio de regeneração do bioma Mata Atlântica, totalizando cerca de 2,3 hectares, assim como obras para a construção de torre de energia dentro da área na qual a vegetação foi suprimida.

Parque Estadual das Lauráceas é vítima de crimes ambientais

Localizado entre os municípios de Bocaiúva do Sul, Tunas do Paraná e Adrianópolis, na Região Metropolitana de Curitiba, o parque transformou-se em alvo de ações criminosas. Extração ilegal de palmito juçara, corte de madeira de lei, grilagem de terras e criação de gados são alguns dos crimes registrados no local

DESTAQUES
Fotos: Fronteira Livre e ADERE/OJC.

Em dois procedimentos, MPF e MP exigem que Engie suspenda devastação ambiental

A atuação do MP-PR e MPF se baseou em flagras de desmatamento registrados pela Polícia Ambiental Força Verde no dia 1° de setembro deste ano. Foi constada a destruição de floresta em estágio médio de regeneração do bioma Mata Atlântica, totalizando cerca de 2,3 hectares, assim como obras para a construção de torre de energia dentro da área na qual a vegetação foi suprimida.

DESTAQUES
DESTAQUES
VÍDEOS

OJC TV
Canal Vídeos

Nosso YouTube conta com uma longa lista de entrevistas, pesquisas e documentários sobre Meio Ambiente, ecologia e proteção do meio ambiente.

Assine nossa Newsletter

Receba informações e os conteúdos mais recentes sobre Meio Ambiente, avanços tecnológicos e ambientais e investigações sobre crimes ambientais

EnglishPortuguese