Seriam escolhas pessoais se não houvesse vítimas

segunda-feira, 01 de julho 2019

Nossa dica da semana é um vídeo que nos estimula a pensar que, pelo menos três vezes ao dia, temos a oportunidade de salvar a vida dos animais. Já pensou nisso?

A fala de Fábio Chaves, em um evento do TEDx, defende que, como sociedade, precisamos nos forçar a falar sobre o hábito de consumir animais. Ele mostra que esse comportamento pode causar o estranhamento necessário para que mudemos nosso comportamento, como um dia ocorreu com a prática de dirigir sem cinto de segurança ou fumar dentro de aviões ou salas de aula, por exemplo.

Fábio é fundador do @portalvistase, o maior portal vegano da América Latina. Em menos de 20 minutos, ele consegue explicar porque o organismo humano não precisa da carne – nem de secreções animais, como o leite – para manter a saúde do corpo. Indica que defesas para o consumo da carne como “é a lei da natureza”, “é importante por conta das proteínas” ou “é um mal necessário” são conceitos tão repetidos como ultrapassados e que precisam ser revistos.

Somos chamados a refletir por que passamos de crianças protetoras dos animais para adultos consumidores de suas carnes. E convidados a responder por que elegemos alguns animais para amar e ter em casa e outros para explorar. Por fim, o que faríamos se alguém matasse um animal em nossa frente, o fatiasse e logo depois colocasse os pedaços em nosso prato? Será que, mesmo assim, comeríamos aquilo com o prazer com que os mesmos pedaços são vistos em uma churrascaria?

O vídeo é um convite para pensarmos sobre o quanto nossos hábitos podem causar sofrimento a espécies que têm a mesma capacidade de sentir que a nossa. Além disso, lembra a relação direta entre consumo de bacon, salame e embutidos, por exemplo, com a incidência de doenças como o câncer. E nos mostra o quanto a produção bovina estimula o crescimento de monoculturas para alimentar o rebanho, que causam violenta degradação ao meio ambiente e às florestas, responsáveis por garantir a nossa sobrevivência na Terra.

Confere só: bit.ly/FabioChavesTEDX