O custo humano dos agrotóxicos

quarta-feira, 14 de agosto 2019

Entre 2007 e 2014, cerca de 24 mil pessoas sofreram no Brasil com intoxicação por agrotóxicos. No mesmo período, a cada dois dias e meio, uma pessoa morreu em decorrência desses produtos. Mesmo assim, o marco regulatório para a avaliação de risco de agrotóxicos, anunciado pela Anvisa, permitirá que pesticidas considerados altamente perigosos sejam rotulados de forma mais branda em nosso país! Isso vem, justamente, em um ano que, em menos de sete meses, o Governo Federal aprovou o registro de 262 novos agrotóxicos.
Pode parecer difícil compreender os efeitos do uso abusivo desses produtos. Mas, para revelar esses prejuízos da maneira mais transparente e também impactante possível, o fotógrafo argentino Pablo Ernesto Piovano fez registros de populações carentes que tiveram contato direto e excessivo com esses venenos, por morarem ou trabalharem em regiões agrícolas da Argentina.
Com base nessas fotografias na pesquisa que desenvolveu por conta do trabalho, ele produziu o curta-metragem “El costo humano de los Agrotóxicos”, que você pode ver no VIMEO.
Assista e entenda por que é urgente nos unirmos contra a truculência dessas decisões, que pretendem fazer a sociedade brasileira “engolir”, a força, ainda mais agrotóxicos. Confira o filme em bit.ly/ErnestoPiovano 🤚💀‼️